Palestra - Será julgar um erro?

A opinião espírita sobre o ato de ponderar as atitudes como análise referencial de atitude e comparação.
O autor nos convida a refletir sobre o “que eu julgo, com que critérios eu julgo e o que eu faço do meu julgamento”.


Ajuda
Duração: 00:56:45
Tamanho: 19,7 MB
Formato: MP3


Veja também:

2 comentários:

  1. No meio Espírita, vemos uma grande maioria de Líderes, Dirigentes, médiuns, filósofos intelectuais que ainda não aprenderam o significado da palavra Julgamento e Equívoco.Geralmente, julgam-se os donos da verdade,santos, infalíveis e perfeitos e os meros frequentadores não passam de pessoas equivocadas.Ao descobrir a patifaria de uma certa Instituição, que usa o "tratamento psicológico" como meio de rastrear a vida das pessoas, onde as pessoas mais fragilizadas pelos problemas (especialmente as dondocas separadas e as viúvas abonadas depressivas), são encaminhadas para uma Palestra Especial de "doutrina Espírita", onde seus egos são massageados pelo Palestrante, sugerindo "cursos e faculdades" vinculadas à "Casa".O detalhe: Estes cursos são restritos apenas as pessoas que passam pelo "funilamento" desta Palestra.Ao descobrir esta patifaria e anti-ética, conheci o caráter destes "santos", que nem sequer quiseram me ouvir. Pelo contrário, o Palestrante explícitamente declarou em público, que eu fiz um julgamento severo e equivocado, que eu estava perturbada. Ainda teve a cara de pau de dizer que eu estava testando sua indulgência.Resumindo: Pelo menos, nesta Instituição que eu conheci(parece muito com Maçonaria disfarçada),qto + poder aquisitivo vc demonstra ter, mais vc é "evoluído". Os bens materiais sobrepujam e muito a espiritualidade.Aliás, um detalhe que observei, após uma comparação feita por este palestrante, exaltando a "quarentona" bem sucedida e subestimando a "quarentona" que não conquistou nada na vida,que nesta Palestra, o perfume francês se mistura na sala, as bolsas LV desfilam e as chaves dos carros brilham nas mãos dos cavalheiros.Será que os pobres precisam voltar noutra vida mais "evoluídos" para serem aprovados nesta "triagem"? Identifico-me muito com a filosofia espírita, na Linha Allan Kardec, porém, me entristeço ao ver tanta falta de autenticidade, respeito ao ser humano, com hipocrisia e cinismo neste meio.Peço desculpas, pois gosto muito de ouvir suas Palestras e este comentário de maneira alguma é generalizado. Graças a Deus, ainda (embora com nº muito reduzido), há cooperadores do bem, que se doam incondicionalmente em favor da humanidade.Obrigada. Muita Paz e Saúde!

    ResponderExcluir

Regras: Mensagens que de alguma forma forem ofensivas a pessoas, sites, ou ao espiritismo, não serão publicadas.

Obrigado por comentar.